Se joga nos 30!!

Imagem

Fazer aniversário… que drama! 

Para mim, todo ano é a mesma coisa, inferno astral, bipolaridade, carência, enfim… crise!

Esse ano tentei nem pensar muito nisso, tentei esquecer que era meu aniversário, e até que estava indo bem… até três dias antes do dia D!! Não sei o que me dá… quero comemorar, e ao mesmo tempo não quero fazer nada. Quero ficar com os amigos, quero ficar com a família, e ao mesmo tempo quero passar o dia todo debaixo das cobertas. Não quero tocar no assunto, e ao mesmo tempo fico muito, muito chateada se alguém esquece de me dar os “parabéns”. Sim, coisa de louco mesmo… em 30 anos de existência, ainda não consegui achar uma explicação!

E por falar em 30… meu Deus! 30! Isso estava me deixando realmente louca!! 2 X 15, 20 + 10…. 30!! Ah! Que bobagem, é só um número redondo, grande coisa!! Mas são 30 anos… agora não tem mais essa de “jovem”… agora fazer “merda” tem um peso maior… que conflito!!

Junta isso com o fato de estar desempregada, com a morte recente do meu avô, com o conflito de: “devo ou não comemorar?”, e pra ajudar coladinho com a TPM do mês… como não surtar?? Como????

Já fiz festas históricas em aniversários anteriores… na época da faculdade, e logo que voltei a morar em Porto… muitos amigos, muitos conhecidos, muita música, muito tudo!! Às vezes era uma semana de comemoração… cada dia com uma “turma” diferente. E esse ano, quando vi já era dia 16, e eu não tinha planejado sequer fazer uma faxina em casa para receber os amigos! Nem uns petisquinhos… nada!

Meus Deus, estaria eu ficando mesmo velha, desanimada, chata, sem amigos?? O que eu estava fazendo??? Quais eram meus planos pro futuro? Todos aqueles que aos 20 eu havia planejado para os 30, onde foram parar? O que foi que eu fiz????

Foi então que comecei a conversar com os amigos mais próximos, os AMIGOS mesmo, aqueles que têm paciência até mesmo quando nem eu mesma me suporto, com minha irmã, com meu marido… e opa! Peraí!! 

Gente!! Crise pra quê? Por quê? Meu Deus, acorda mulher!!

Estou vivendo uma fase em minha vida que jamais pensei vivenciar… estou vendo minha saúde voltar, estou me alimentando bem, muito bem, e estou sentindo PRAZER nisso… não está sendo nenhum sacrifício… estou conseguindo criar novos hábitos, não vivo mais em “dieta”, minha vida agora é essa! Eu como coisas saudáveis porque gosto, e tenho prazer em preparar e comer. Minhas roupas já não me servem mais, meu rosto já tem forma, eu tenho fôlego, tenho disposição, vou à academia, faço caminhadas… eu ESTOU saudável! 

Tenho superado minhas próprias expectativas quanto à mim mesma, quanto aos meus limites, minha força de vontade, e até quanto ao meu emocional, pois tirando essa bendita “crise dos 30”, eu até que estava indo muito bem, obrigada!

Quem me conhece sabe do que estou falando… eu sempre fui nitroglicerina pura! Nem pavio eu tinha… o negócio era sair gritando e ofendendo quem estivesse na frente… talvez como defesa mesmo, mas o fato é que eu já estava afastando todos que me amavam, porque ninguém quer ficar perto de uma pessoa ranzinza, reclamona e briguenta por perto né?

Eu ainda estou longe de atingir a perfeição, e com certeza talvez nunca chegue nesse patamar, assim como todo o restante da humanidade. Eu tenho minha personalidade, posso moldá-la, contê-la, tratá-la e deixá-la melhor, com certeza… mas ela ainda continuará sendo a minha personalidade, não tem jeito. 

Mas sim, eu estou orgulhosa por estar conseguindo respeitar e entender que somos seres diferentes, e que nem sempre o que eu quero vai acontecer da maneira que planejei. E que gritar, ofender e magoar as pessoas que mais me querem o bem não vai fazê-las me entender, muito menos me respeitar mais…. pelo contrário! Ando percebendo que tem discussões que realmente não levam a nada à não ser energia ruim e chororô à toa! O negócio às vezes é mais simples do que parece… é só deixar pra lá, desapegar e pronto!

Eu consegui parar de fumar, gente! Quer maior motivo de orgulho do que esse?! Poder subir na esteira da academia, e perceber que isso já está começando a fazer diferença, juntamente com a perda de peso, é uma sensação inexplicável!!

Saber que sim, sou capaz, é maravilhoso! 

Sou capaz de ser uma pessoa melhor, sou capaz de ser saudável, sou capaz de me tornar a mãe que o Otto merece, e sou capaz de ser FELIZ!

Fico muito feliz em saber que as pessoas enxergam esse meu esforço, reconhecem, e inspiram-se em mim também! Pois desde o começo do blog e do #projetofafa, desde o começo de tudo, foi isso mesmo que eu quis… ser e ter inspiração! Pois saber que tem gente “olhando” é um dos maiores incentivos que eu posso ter… 

Eu sou um ser coletivo… não sei ser sozinha, JAMAIS! Preciso de pessoas ao meu redor o tempo todo, gosto de ver e ter gente comigo… 

E o desemprego? Sim, é uma situação muito delicada, muito tensa… chegar aos 30 sem ter condições de fazer tudo que tenho vontade por não ter condições financeiras pra isso é realmente pirante! Mas ao mesmo tempo, se não fosse ele, eu não estaria tendo esse tempo para mim, não estaria tendo esse tempo de refletir e de pensar o que quero realmente pra minha vida nos próximos 30 anos…. Sonhos e planos mil vêm fervilhando por aqui… e se Deus quiser, logo logo estarei colocando o primeiro deles em prática… me aguardem!

Enfim… a vida é nova, o corpo é novo, os hábitos são novos, então porque não uma nova dezena? Uma idade nova? Um ano novo?

Terminei o dia de ontem feliz, muito feliz, por ter chegado à essa conclusão! Problemas todos nós temos, e sempre vamos ter… o que muda é o foco que damos à eles. Vale à pena deixar de lado toas as coisas boas que a vida nos oferece, para nos lamentarmos das coisas ruins? Elas realmente merecem todo esse enfoque? Como é que a vida vai continuar nos dando presentes, se os que ela já nos deu, nós simplesmente deixamos de lado para viver de auto-piedade?

Eu tenho família, e uma família linda! Eu tenho amigos, e amigos incríveis, que tenho certeza, me acompanham desde outras vidas. Tenho um marido lindo e paciente. Tenho saúde. Tenho pais que me apoiam e estão sempre do meu lado quando eu mais preciso. Meu filho é uma criança abençoada, uma dádiva de amor!! E tenho problemas, tenho mesmo! E também tenho garra, e coragem e força de vontade para enfrentá-los, superá-los e transformá-los em mais vitórias pra história da minha vida!

Obrigada à quem teve paciência de chegar até o fim desse post… ele é um desabafo, provavelmente confuso e estranho, mas um desabafo! Precisava compartilhar com o maior número de pessoas possível o quanto é bom poder finalmente chegar aos 30!!!!

Amo minha vida, amo vocês!

Hoje é o segundo dia dos meus 30 anos… e que venham mais 30!

 

Anúncios

7 comentários sobre “Se joga nos 30!!

  1. Larissa, parabéns por tudo, vejo que vc está realmente determinada a buscar uma vida bem melhor fico muito feliz e que Deus abençoe essa nova trajetória sempre!!!
    Um grande abraço!!

  2. Parabéns, Larissa!! rs
    Não… não foi preciso paciência para chegar ao final de seu post… vc escreve de uma maneira tão envolvente que não despreguei os olhos da tela até terminar! É tão você que pareço até ouvir sua voz e até imagino sua entonação!! Piro!! kkkkkkk
    Saudades de vc!

    bjos
    Mariana
    ps: ano que vem, se Deus quiser, tb chegarei aos 30! Apenas 30! rs

    • Mariiiiii! Saudades de você também, mulher! Você não foi a primeira que me disse que ouviu até minha voz ao ler o texto! hahahahahaha…

      Bom sinal, né? Quer dizer que veio realmente do fundo da minha alma!! 😉

      E que venham os seus 30!!! Comemoremos!!!! Juntamente com meus 31! aiaiai… hahahah

      Beijos gatona!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s