Detox! Fazendo uma faxina no organismo…

Semana passada iniciei minha semana detox, e acabei gerando a curiosidade de muita gente. 

Sem exageros, só hoje umas 10 pessoas vieram me pedir dicas para cardápio, e receitas tanto para a detox, quanto pra dieta normal.

Gente, fico muito feliz em saber que vocês confiam tanto em mim assim, a ponto de confiar nas minhas dicas, e adoro pode ajudar, mas POR FAVOR, eu só dou dicas pra ajudar a deixar a rotina saudável mais gostosa e interessante. Eu não sou nutricionista, e não tenho formação nenhuma nessa área hehehehe… e mais, a minha rotina é um pouco diferente e minhas quantidades são sempre reduzidas, devido á cirurgia, então, quem não tem bariátrica, não vá querer comer pouquinho assim, que vai desmaiar de fome, heim?

Bom, vamos lá, eu inventei de fazer essa detox, porque como contei no outro post, eu fui meio “Joselita” nesse final de ano, e estava me sentindo super inchada e culpada. Fui me pesar, e não cheguei a engordar, mas também não emagreci. E como eu não estou praticando muitos exercícios ultimamente, resolvi dar um “upgrade” com uma detox.

Mas afinal, em que consiste a detox???

Image

A dieta detox nada mais é do que uma técnica de nutrição funcional que estimula a saída de toxinas do organismo. Ela tem ação anti-inflamatória, ajuda a regularizar o intestino e o sono, além de contribuir para o bem-estar físico e mental.

Principalmente para quem estava acostumada à uma rotina mais saudável no decorrer do ano, quando sai da rotina, o corpo estranha, incha, retém líquidos, dá aquela moleza, uma sensação estranha. E parece que o corpo vai se acostumando de novo com as porcarias, sabe? Ele vai aos poucos rejeitando o que é saudável, e o psicológico vai ajudando a cada vez mais mergulharmos nas “jacas” que essa época nos proporciona.

Eu estava me sentindo assim… só dava vontade de comer porcaria…

Então, resolvi fazer essa faxina, pro corpo e a mente entrarem nos eixos.

E quero deixar bem claro aqui. Eu não fui à nutricionista pra fazer essa dieta (Lê Donini, não me mate! heheheh). Dei uma boa “googlada”, e adaptei as dicas que encontrei à minha rotina. Portanto gente, por favor, vou contar aqui mais ou menos como estou fazendo, mas adaptem tudo à sua rotina e às suas necessidades. E se possível, consultem um profissional! Vou me sentir culpada se souber que teve gente desmaiando por aí porque quis seguir minha rotina, heim!?

A regra básica da detox é: SÓ CONSUMIR ALIMENTOS NATURAIS! Nada de industrializados! Nada de glúten, nada de lactose, e sal e proteína animal reduzidos (se conseguirem não consumir também, melhor ainda).

Outra dica primordial é: ÁGUA! Muuuuita água!!! Mais água do que o normal, se conseguirem… quanto mais água, mais seu organismo filtra as impurezas!

Nos primeiros dois dias, eu fiquei somente à base de líquidos. Pra mim foi bem fácil, afinal…pra quem ficou 25 dias assim, dois dias é fichinha né? Mas se vocês acharem difícil, façam só um dia assim, que já ajuda bastante, vocês vão ver…

Os dias líquidos foram mais ou menos assim:

DESJEJUM: Logo ao acordar, em jejum, uma meia hora antes do café da manhã, tome 1 copo de água em temperatura ambiente, com um limão espremido. O limão é um grande aliado na hora de desintoxicar o corpo. Além da ação básica de eliminar toxinas através dos líquidos, ele ajuda a equilibrar o pH do seu corpo, e por ser um alimento ácido, acelera a queima de gorduras em nosso organismo!

CAFÉ DA MANHÃ: Suco verde (à base de couve, e mais duas ou três frutas de sua preferência: maçã, laranja, abacaxi, morango, kiwi, limão, pera, etc.). Use a dica do gelo de verde para facilitar a rotina. Aqui no blog também tem várias receitinhas de sucos verdes, digita “suco verde” lá na busca, que aparece!

LANCHE DA MANHÃ: O mesmo suco do café. Eu já fazia em quantidade dobrada pra poder levar no trabalho.

ALMOÇO E JANTAR: Caldinhos. No primeiro dia fiz um à base de cenoura e abobrinha, e no segundo fiz uma de abóbora japonesa. (Também tem várias dicas de caldinhos por aqui, é só digitar lá na busca).

LANCHE DA TARDE: Suco novamente! Para tomar à tarde, eu levava um suco só de frutas. Fiz um à base de melancia, limão siciliano e chá de erva cidreira. Ficou muito bom!!!

Nos intervalos, tomava chá verde. Comprei uns de caixinha, com limão, muito bom!!!

Uma dica para enganar a vontade de mastigar, é fazer um picolé à base de suco integral de uva, e frutas vermelhas batidas. Além de desintoxicante, é refrescante!! (essa semana vou postar a receita dele aqui pra vocês!).

E foi mais ou menos isso. Não vou me prender muito aos detalhes da dieta líquida, porque ela foi muito pessoal, e vocês podem inventar os sucos e os caldinhos conforme vocês preferirem.

Terminada a dieta líquida, hoje iniciei mais 7 dias de detox. Agora entram os sólidos, mas continuo sem os industrializados e com o carboidrato bem reduzido.

Minha rotina anda bem corrida, por exemplo agora eu já deveria estar dormindo e descansando e estou aqui escrevendo rs… (Alô dona Rita, olha o puxão de orelha!), mas eu prometo que vou tentar fazer um post por dia contando tudo que comi durante o dia, pra vocês poderem usar como inspiração aí, tá?!

Hoje meu dia foi assim:

Image

1. DESJEJUM: 1 copo de água em temperatura ambiente, com um limão espremido.

2. CAFÉ DA MANHÃ: Suco verde (2 cubinhos de gelo verde, 1 maçã verde, uma rodelinha de gengibre e 150 ml de água gelada. Bater tudo no liquidificador, não coar nem adoçar).

3. LANCHE DA MANHÃ: Duas fatias de mamão formosa, com uma colher de sopa de amêndoas.

4. ALMOÇO: Salada à base de um mix de folhas (alface americana, alface roxa, rúcula, acelga e agrião) + cenoura ralada + alho poró + cebola + tomatinhos; lentilha cozida; repolho roxo refogado.

5. LANCHE DA TARDE: Como eu já sabia que o jantar ía sair um pouco tarde, dividi em duas etapas. Primeiro tomei 1/2 copo de suco de uva integral com 6 amêndoas. Mais tarde comi uma pera.

6. JANTAR: Sopa de abóbora com gengibre e agrião (vou postar a receita dela logo depois que terminar esse post, olhem ali em cima rs…)

7. CEIA: Abacaxi com cabela. 1 minuto no microondas e pronto!!

Gente, foi super fácil hoje, não passei fome, não passei vontade, já pude mastigar. Uma beleza.

E olha, vou dizer… já tô me sentindo bem mais desinchada (e olha que to de TPM nível 10, heim?), e as vontades de comer “coisas feias” hoje nem apareceram.

O segredo é ocupar a mente e o corpo. Fazer outras atividades, ir pra cozinha adiantar as “marmitinhas” do dia seguinte. Distrai, passa o tempo, e você esquece da bendita comida.

Espero ter ajudado um pouco vocês. Amanhã volto pra contar como foi meu 2º dia, e vou passando mais algumas dicas e informações sobre os alimentos desintoxicantes.

Espero que tenha matado um pouco a curiosidade de vocês!! E se alguém fizer, quero saber depois como foi e se deu resultado, tá?

Um beijão!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s