Gelatina colorida!

Imagem

Postei essa foto no meu instagram esses dias, e fez o maior sucesso!

Tá todo mundo pedindo a receita e eu realmente ando numa correria danada… já não bastasse a correria habitual, agora minha ajudante aqui de casa, decidiu pedir demissão na SEMANA DE VOLTA ÀS AULAS (!!!!!). Ou seja, estou sem tempo e meio!! Não estava esperando que ela fosse sair, então não me programei pra nada. Uma ansiedade, uma vontade louca de sair gritando e comendo tudo que eu vejo pela frente… 

Bom, mas como esse blog é sobre alto astral, comida bonita, colorida e gostosa, e não um consultório sentimental, vamos lá à essa receita suuuuuper difícil (só que não) rs….

Na verdade o ingrediente principal pra ela dar certo é a PACIÊNCIA. Porque de resto, vamos precisar de gelatina diet de várias cores diferentes, e iogurte desnatado. Só!

Eu aqui, fiz só com 3 cores, porque usei umas forminhas pequenas de mini pudim, então não dava mesmo pra fazer mais camadas. Mas vocês podem usar uma forma de pudim normal, e aí sim, brincar com mais cores. Quanto mais colorida, mais linda ela fica.

O procedimento é o seguinte:

  1. Unte a forma com óleo de cozinha (sim, óleo de cozinha mesmo, é só espalhar com o papel toalha, é uma quantidade insignificante, não vai engordar, e nem ficar o gosto –  e se não untar, não dá certo!)
  2. Para cada caixinha de gelatina, você vai usar 150 ml de água quente e 150 ml de água fria pra dissolver.
  3. Coloque na forma 150 ml da gelatina, e leve ao congelador por 15 minutos, ou até endurecer (não vá esquecer a dita cuja lá, senão ela vai congelar e vai estragar rs…)
  4. Nos outros 150 ml da gelatina, misturar 2 colheres de sopa de iogurte desnatado.
  5. Passados os 15 minutos da primeira camada, adicione a mistura com o iogurte e leve ao congelador por mais 15 minutos.
  6. Repita esse processo com o restante das cores.
  7. Depois de todas as camadas formadas e endurecidas, é só soltar as laterais com uma faca, e virar a forma num prato.

IMPORTANTE: Não coloque gelatina quente sobre a que já endureceu, senão ela vai derreter e as camadas vão se misturar.

Muito simples e fica tãããão linda! Fez sucesso com a “criançada” aqui de casa!

Quem tiver instagram tira foto e posta lá com o #projetofafa pra eu poder ver depois, tá???

Um grande beijo!!!!

2º dia da semana detox!

Image

Bom gente, hoje foi meu segundo dia da semaninha detox do #projetofafa. Correu tudo maravilhosamente bem. Incrível como não estou sentindo mais vontade de comer as porcarias.

Confesso que a pior hora é quando chego em casa do trabalho… dá aqueeeela vontade de “beliscar” alguma coisa… é aquele abre e fecha de armário sem fim… aí pego uma castanha, ou um pedacinho de fruta e pronto… passou! rs…

Durante o dia fico concentrada no trabalho, acabo até esquecendo da hora de comer… quando vou ver, já passou… e corro pra geladeira.

Estou organizando as coisas do dia seguinte, na noite anterior. Já pico as frutinhas, separo nos potinhos, vejo o que vou fazer de salada, já deixo preparado. Assim fica mais fácil, já levo a “marmitinha de lanchinhos” de manhã pro trabalho, e quando chego em casa pro almoço, é só abrir a geladeira e montar a salada.

Bom, meu dia foi assim:

DESJEJUM: Logo ao acordar, tomei o copinho de água com o limão espremido.

1. CAFÉ DA MANHÃ: Suco verde, com duas pedrinhas de gelo verde, 1 fatia de abacaxi, 1/2 maçã e 150 ml de água.

2. LANCHE DA MANHÃ E DA TARDE: Manhã – Uma fatia de melão picado e 3 castanhas do pará. Tarde – Uvas e 6 castanhas de caju.

3. ALMOÇO: Salada de rúcula, tomatinhos e manga, temperada com aceto balsâmico. Salada refrescante de quinoa, acabei de postar a receitinha, para visualizá-la, clique aqui.

4. JANTAR: Creme de palmito light. Inventei essa moda hoje. Para ver a receita, clique aqui.

CEIA: O mesmo e delicioso abacaxi com canela de ontem.

Tô sucinta hoje! É que me atrapalhei toda aqui, e já tá super tarde. Só estou fazendo o post, porque me comprometi com vocês, então não podia dar mancada, né? =)

Amanhã eu volto com o 3º dia, agora vou lá separar minhas coisinhas pra “marmita”.

Beijos!!! 

Salada refrescante de quinoa!

Image

Essa é pra vocês não ficarem dizendo que só faço receitas quentes em pleno verão. rs…

Aquele tipo de receita que “dá briga” aqui em casa pra ver quem vai comer mais… 

Sem enrolação hoje, que ainda tenho que fazer o post do meu cardápio do segundo dia da detox, e é claaaaaro que rolou essa saladinha delícia!!!

Vamos à receita:

Ingredientes:

  • 5 colheres de sopa de quinoa cozida
  • 1 xícara de cenoura ralada
  • meio pepino caipira cortado em quadradinhos
  • duas colheres de sopa de cebola cortadinha
  • 8 folhinhas de hortelã picadinhas
  • cheiro verde à gosto

Modo de preparo: Misturar todos os ingredientes, e temperar com limão espremido, sal e azeite. Sirva bem geladinha.

Simples e refrescante assim!

Creme de palmito light!

Image

Encanei que tava com vontade de comer creme de palmito!!

E fiquei aqui, maquinando uma forma de matar essa vontade sem ter que envolver leite com farinha ou creme de leite nessa história.

Fiz um teste… e deu MUITO certo!! Ficou saborosíssima, com baixas calorias, e não tive que sair da detox pra isso…

Anotem a receita:

Ingredientes:

  • 1 vidro de palmito pupunha (tire o palmito do vidro sem dispensar a água, e complete o restante do vidro com água normal – você vai usar essa água para cozinhar os ingredientes depois)
  • 1/2 abobrinha picada
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1/2 cebola cortada em rodelas
  • 2 dentes de alho
  • cebolinha

Modo de preparo: Refogue o alho e a cebola com a colher de azeite. Junte o palmito, refogue mais um pouco, depois junte a abobrinha e a água. Não precisa colocar sal, pois a água do palmito já é salgada. Deixe ferver até cozinhar a abobrinha. Depois é só liquidificar, e salpicar a cebolinha por cima na hora de servir.

De comer rezando!!! 😉

 

Sopa de abóbora com gengibre e agrião!

Image

Como prometido, aqui está a queridinha das sopas detox!!!

Abóbora, gengibre a agrião.

Além de ter pouquíssimas calorias (100g = 40cal), abóbora é rica em  cálcio, sódio, potássio, fósforo, ferro, magnésio, vitamina A, C, E e outras vitaminas.

O gengibre é um super antioxidante, e termogênico, fonte de vitamina B6, cobre, magnésio e potássio.

E o agrião é rico em iodo, ferro, enxofre, fósforo, vitamina A, C, E  e complexo B. Seus nutrientes são importantes para o funcionamento correto da glândula tireóide, evitam a fadiga e ajudam na manutenção da saúde da pele e na formação dos ossos e dentes.

Juntamos os três mocinhos e temos essa delícia!! 

Confesso que no calor é mais difícil de se pensar em comer uma sopa, mas depois que você dá a primeira colherada, você vai pedir BIS.

E não vá pensando que o gengibre fica muito forte ou estraga a graça da sopa. Pelo contrário, ele fica bem suave, e dá um toque todo especial!

Vamos à receita:

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de azeite
  • 0,5 kg de abóbora japonesa sem casca
  • 1/2 cebola
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de sobremesa de gengibre ralado
  • 1 xícara de chá de folhas de agrião
  • 750 ml de água 
  • sal e cheiro verde à gosto

Modo de preparo: Refogue a cebola, o alho e a abóbora com o azeite, cubra com água e sal e cozinhe na pressão por 10 minutos. Retire do fogo, bata no liquidificador, volte à panela, adicione o gengibre ralado e cozinhe por 3 minutos. Desligue, acrescente o agrião e espere mais 2 minutos. Depois é só salpicar o cheiro verde e servir.

Bom apetite!

Detox! Fazendo uma faxina no organismo…

Semana passada iniciei minha semana detox, e acabei gerando a curiosidade de muita gente. 

Sem exageros, só hoje umas 10 pessoas vieram me pedir dicas para cardápio, e receitas tanto para a detox, quanto pra dieta normal.

Gente, fico muito feliz em saber que vocês confiam tanto em mim assim, a ponto de confiar nas minhas dicas, e adoro pode ajudar, mas POR FAVOR, eu só dou dicas pra ajudar a deixar a rotina saudável mais gostosa e interessante. Eu não sou nutricionista, e não tenho formação nenhuma nessa área hehehehe… e mais, a minha rotina é um pouco diferente e minhas quantidades são sempre reduzidas, devido á cirurgia, então, quem não tem bariátrica, não vá querer comer pouquinho assim, que vai desmaiar de fome, heim?

Bom, vamos lá, eu inventei de fazer essa detox, porque como contei no outro post, eu fui meio “Joselita” nesse final de ano, e estava me sentindo super inchada e culpada. Fui me pesar, e não cheguei a engordar, mas também não emagreci. E como eu não estou praticando muitos exercícios ultimamente, resolvi dar um “upgrade” com uma detox.

Mas afinal, em que consiste a detox???

Image

A dieta detox nada mais é do que uma técnica de nutrição funcional que estimula a saída de toxinas do organismo. Ela tem ação anti-inflamatória, ajuda a regularizar o intestino e o sono, além de contribuir para o bem-estar físico e mental.

Principalmente para quem estava acostumada à uma rotina mais saudável no decorrer do ano, quando sai da rotina, o corpo estranha, incha, retém líquidos, dá aquela moleza, uma sensação estranha. E parece que o corpo vai se acostumando de novo com as porcarias, sabe? Ele vai aos poucos rejeitando o que é saudável, e o psicológico vai ajudando a cada vez mais mergulharmos nas “jacas” que essa época nos proporciona.

Eu estava me sentindo assim… só dava vontade de comer porcaria…

Então, resolvi fazer essa faxina, pro corpo e a mente entrarem nos eixos.

E quero deixar bem claro aqui. Eu não fui à nutricionista pra fazer essa dieta (Lê Donini, não me mate! heheheh). Dei uma boa “googlada”, e adaptei as dicas que encontrei à minha rotina. Portanto gente, por favor, vou contar aqui mais ou menos como estou fazendo, mas adaptem tudo à sua rotina e às suas necessidades. E se possível, consultem um profissional! Vou me sentir culpada se souber que teve gente desmaiando por aí porque quis seguir minha rotina, heim!?

A regra básica da detox é: SÓ CONSUMIR ALIMENTOS NATURAIS! Nada de industrializados! Nada de glúten, nada de lactose, e sal e proteína animal reduzidos (se conseguirem não consumir também, melhor ainda).

Outra dica primordial é: ÁGUA! Muuuuita água!!! Mais água do que o normal, se conseguirem… quanto mais água, mais seu organismo filtra as impurezas!

Nos primeiros dois dias, eu fiquei somente à base de líquidos. Pra mim foi bem fácil, afinal…pra quem ficou 25 dias assim, dois dias é fichinha né? Mas se vocês acharem difícil, façam só um dia assim, que já ajuda bastante, vocês vão ver…

Os dias líquidos foram mais ou menos assim:

DESJEJUM: Logo ao acordar, em jejum, uma meia hora antes do café da manhã, tome 1 copo de água em temperatura ambiente, com um limão espremido. O limão é um grande aliado na hora de desintoxicar o corpo. Além da ação básica de eliminar toxinas através dos líquidos, ele ajuda a equilibrar o pH do seu corpo, e por ser um alimento ácido, acelera a queima de gorduras em nosso organismo!

CAFÉ DA MANHÃ: Suco verde (à base de couve, e mais duas ou três frutas de sua preferência: maçã, laranja, abacaxi, morango, kiwi, limão, pera, etc.). Use a dica do gelo de verde para facilitar a rotina. Aqui no blog também tem várias receitinhas de sucos verdes, digita “suco verde” lá na busca, que aparece!

LANCHE DA MANHÃ: O mesmo suco do café. Eu já fazia em quantidade dobrada pra poder levar no trabalho.

ALMOÇO E JANTAR: Caldinhos. No primeiro dia fiz um à base de cenoura e abobrinha, e no segundo fiz uma de abóbora japonesa. (Também tem várias dicas de caldinhos por aqui, é só digitar lá na busca).

LANCHE DA TARDE: Suco novamente! Para tomar à tarde, eu levava um suco só de frutas. Fiz um à base de melancia, limão siciliano e chá de erva cidreira. Ficou muito bom!!!

Nos intervalos, tomava chá verde. Comprei uns de caixinha, com limão, muito bom!!!

Uma dica para enganar a vontade de mastigar, é fazer um picolé à base de suco integral de uva, e frutas vermelhas batidas. Além de desintoxicante, é refrescante!! (essa semana vou postar a receita dele aqui pra vocês!).

E foi mais ou menos isso. Não vou me prender muito aos detalhes da dieta líquida, porque ela foi muito pessoal, e vocês podem inventar os sucos e os caldinhos conforme vocês preferirem.

Terminada a dieta líquida, hoje iniciei mais 7 dias de detox. Agora entram os sólidos, mas continuo sem os industrializados e com o carboidrato bem reduzido.

Minha rotina anda bem corrida, por exemplo agora eu já deveria estar dormindo e descansando e estou aqui escrevendo rs… (Alô dona Rita, olha o puxão de orelha!), mas eu prometo que vou tentar fazer um post por dia contando tudo que comi durante o dia, pra vocês poderem usar como inspiração aí, tá?!

Hoje meu dia foi assim:

Image

1. DESJEJUM: 1 copo de água em temperatura ambiente, com um limão espremido.

2. CAFÉ DA MANHÃ: Suco verde (2 cubinhos de gelo verde, 1 maçã verde, uma rodelinha de gengibre e 150 ml de água gelada. Bater tudo no liquidificador, não coar nem adoçar).

3. LANCHE DA MANHÃ: Duas fatias de mamão formosa, com uma colher de sopa de amêndoas.

4. ALMOÇO: Salada à base de um mix de folhas (alface americana, alface roxa, rúcula, acelga e agrião) + cenoura ralada + alho poró + cebola + tomatinhos; lentilha cozida; repolho roxo refogado.

5. LANCHE DA TARDE: Como eu já sabia que o jantar ía sair um pouco tarde, dividi em duas etapas. Primeiro tomei 1/2 copo de suco de uva integral com 6 amêndoas. Mais tarde comi uma pera.

6. JANTAR: Sopa de abóbora com gengibre e agrião (vou postar a receita dela logo depois que terminar esse post, olhem ali em cima rs…)

7. CEIA: Abacaxi com cabela. 1 minuto no microondas e pronto!!

Gente, foi super fácil hoje, não passei fome, não passei vontade, já pude mastigar. Uma beleza.

E olha, vou dizer… já tô me sentindo bem mais desinchada (e olha que to de TPM nível 10, heim?), e as vontades de comer “coisas feias” hoje nem apareceram.

O segredo é ocupar a mente e o corpo. Fazer outras atividades, ir pra cozinha adiantar as “marmitinhas” do dia seguinte. Distrai, passa o tempo, e você esquece da bendita comida.

Espero ter ajudado um pouco vocês. Amanhã volto pra contar como foi meu 2º dia, e vou passando mais algumas dicas e informações sobre os alimentos desintoxicantes.

Espero que tenha matado um pouco a curiosidade de vocês!! E se alguém fizer, quero saber depois como foi e se deu resultado, tá?

Um beijão!!!

Enfrentando o “antes”!

Imagem

Confesso que poucas vezes fui procurar fotos antigas minhas nesses 7 meses de cirurgia. 

Também não sei direito o porquê. Talvez ele não exista… talvez sejam tantos porquês que seja impossível numerá-los.

Acho que o principal motivo é o fato de eu não me reconhecer mais nelas… nem um pouco. Pareço uma montagem, um efeito de cinema, sei lá… não sou eu ali, era uma sombra, escondida debaixo de camadas e mais camadas de gordura, sedentarismo, preguiça, descontrole emocional, compulsão, vergonha e fraqueza.

Chega a me faltar o ar…

Angústia… fico me perguntando como foi que deixei chegar nesse ponto.

Uma vontade de chorar…

Quase não passar na roleta de um ônibus. O medo de sentar em uma cadeira de plástico, ou naquelas mais fraquinhas de bar. Ser obrigada a comprar “o que servia” pra vestir. Não poder usar um salto alto. Não poder correr com meu filho. Não me sentir mais mulher/ desejável. Saber que provavelmente perdi chances de emprego (sim, isso acontece no mundo real, gente!). Estar morrendo de calor, ver todos os seus amigos se divertindo numa piscina, ou na praia, e você lá, de roupa. Não conseguir receber um elogio, achando que a pessoa está elogiando apenas para “tirar um sarro”. Sentir um calor insuportável enquanto todos ao seu redor estão confortáveis com a temperatura… e depois de tudo isso, chegar em casa e comer… comer… comer compulsivamente, pra 5 minutos depois sentir-se culpada, e comer, comer e comer novamente pra esquecer…

Um vício, uma doença….SIM! E que precisa de MANUTENÇÃO.

A cirurgia não é mágica, e ao contrário do que a maioria das pessoas pensam, não é o caminho mais fácil, não. Talvez esse seja o maior erro, inclusive de muitas pessoas que já passaram por ela. Vinte dias só de líquido, mais quinze só de pastosos, mais meses e meses de adaptação, entalos, dumpings, vômitos. Aquela sensação de que você nunca mais vai conseguir ter uma vida normal novamente. Tem gente que pira!! De verdade!!!

Participo de alguns grupos nas redes sociais, voltados a pessoas que passaram pela cirurgia assim como eu. Já vi muita gente que se arrependeu amargamente, pois não teve preparo psicológico, nem suporte suficiente.

O que tenho a dizer é que GRAÇAS A DEUS, esse não é o meu caso.

Demorei a fazer essa montagem com a comparação do antes e do atual, aliás, demorei para voltar a postar né, gente?

Muita coisa aconteceu desde a última vez que postei aqui…. Mudei de casa, comecei a trabalhar, até de gravação pra programa de TV eu participei!! (sobre o programa, ele só vai ao ar em fevereiro, é o Jogo de Cintura da TV TEM, e quando for ao ar, é claro que vou avisar a todos, e pra quem não for da região, coloco o link da matéria depois aqui no site também).

A rotina mudou, correria total, café da manhã, trabalho, filho, escola, almoço, academia, filho, escola, jantar, marido… descansar? Que horas? rs…

Pelo Instagram (sigam-me: @larissaglob), eu até que ando postando algumas coisinhas, algumas diquinhas, porque é mais rápido, e vai ali, do celular mesmo… mas aqui no blog, eu gosto de sentar na frente do computador, escrever com calma, ler, reler… mas confesso que dei relaxo abandonando desse jeito. A partir de agora quero tentar fazer pelo menos um post semanal com alguma dica, receita, desabafo, ou seja lá o que for, que seja legal pra gente continuar com essa troca tão gostosa de energias que estava acontecendo aqui.

2013 foi um ano realmente muito especial pra mim, e não fosse pelo falecimento do meu avô, eu diria que entre erros e acertos, depois do nascimento do Otto, foi um dos anos mais inesquecíveis pra mim. E correndo o risco do “lugar-comum”, digo que foi o ano em que eu renasci!

Aprendi a me olhar no espelho novamente. Aprendi a me gostar. Aprendi a correr. A respirar. E respirar de novo se for necessário. Aprendi a ser positiva. Aprendi a acreditar. E a correr atrás do que eu quero pra mim.

E o mais importante… aprendi a me cuidar, e a cuidar da minha família.

Aprendi que pra ser saudável não deve-se viver em “dieta” e sim optar por um estilo de vida.

Aprendi também que não podemos ser assim tããão radicais com tudo. No começo não me permitia sequer a um pedacinho de pizza uma vez por mês… mas com o passar do tempo fui percebendo que também não é assim… o que eu não posso, não devo e nunca mais quero fazer é comer 5 pedaços de pizza de uma vez só. Um pedacinho, de vez em quando, não vai matar, nem engordar 50 quilos.

Nesse finalzinho de ano, dei uma escorregadinha, fui me permitindo, me permitindo… e quando vi era “jacada” todo dia. O corpo, que estava desacostumado com as “porcarias”, estava começando a gostar delas novamente.

Parei… respirei, refleti, li meus posts anteriores, e foi aí que resolvi fazer a montagem. Para que eu me lembrasse de todos esses sentimentos horríveis que descrevi no começo desse post.

A montagem está feita desde o dia 01 de janeiro, e eu estava ensaiando esse texto desde então.

No dia 02, resolvi que ía fazer uma detox: 2 dias só de líquidos, e mais 5 com carboidratos reduzidos, e nada de industrializados. Não fui a nenhuma nutricionista, estou fazendo por conta própria, mas sempre respeitando os meus limites e minhas possibilidades. No final de semana falo mais sobre ela. Hoje estou no final do meu 2º dia só de líquidos, e já estou me sentindo menos inchada.

Sobre as fotos: A primeira, foi tirada no começo de dezembro de 2012, eu estava no ápice da minha obesidade, e tinha acabado de começar a dieta pré-cirurgia, pesando 121 kg. A segunda, tirei agora, em dezembro de 2013, no Natal, com 79 kg. Ou seja: com 42 kg eliminados!!!!! Gente, é quase uma pessoa!!!

Ainda quero eliminar pelo menos mais uns 14 kg. Minha nutri diz que se eu chegar aos 70 kg já está ótimo… mas eu queria conseguir os tão sonhados 65 kg da vida toda…. não sei se vou conseguir, agora perder peso já não está assim tão mais fácil, o processo já está ficando mais lento, e infelizmente, por problemas financeiros, tive que parar a academia =( 

Mas agora ninguém me segura. Vou continuar atrás dos meus objetivos… nem que eu tenha que levantar peso com saco de arroz rs… vou fazer caminhadas, e continuar firme com a alimentação e os suplementos …

Esqueci de mencionar que quase fiquei careca! Gente, como cai cabelo! É desesperador… tufos e tufos indo pelo ralo… e olha que eu me alimento super bem, tomo suplemento, colágeno e whey, heim?! Mas agora isso também já está reduzindo… está caindo cada vez menos… Ainda bem que eu tinha cabelo de sobra né? kkkk… haja juba!

Bom… estou me dispersando e como sempre, escrevendo demais… é que fiquei tanto tempo sem dar notícias, que agora estou querendo contar tudo de uma vez só… que afobação!!!

Encerro aqui dizendo que sim, sem nenhuma modéstia, tenho muito orgulho de mim… pois tudo que venho conquistando ultimamente, tenho batalhado muito para conseguir. Mas sem o apoio da minha família, dos amigos, e até dos desconhecidos queridos que tenho encontrado aqui pelo mundo virtual, nada disso teria sido possível, de verdade!!!

Obrigada, de coração por viverem tudo isso comigo. Por cada palavra de incentivo, cada elogio, cada marcação do face ao ver uma receitinha e lembrar de mim…

Vamos começar esse ano sendo otimistas e acreditando em nossa capacidade! Afinal, começo de ano serve pra isso né? Pra renovarmos nossas energias, traçarmos metas, e correr atrás delas, sabendo que ainda temos um ano inteirinho pela frente para realizar tudo aquilo que queremos!!!

E que toda forma de amor nos encontre, nos encante, nos agarre e não solte nunca mais!!!

Feliz 2014!!!!